5 músicas que você deve ouvir e refletir

5 músicas que você deve ouvir e refletir #1Por: Rickson Francis

Você já ouviu uma música que te mostrou outras maneiras de pensar, agir ou entender o mundo a sua volta? Entre letras e poemas, resolvemos separar aqui cinco músicas para você ouvir e refletir sobre sua realidade.

 

Rafael XVX – Além do Paladar

Você já se perguntou como o cotidiano capitalista e a indústria alimentar interferem brutalmente em nossa alimentação? Esse é ponto chave da música escrita por Rafael Bessa, abordando tópicos como autoconhecimento através da saúde, ligações da indústria farmacêutica com a comida e o propósito da comida, Rafael traz uma reflexão a considerar: “Entender que só o sabor não é tudo – A vida é tudo”.

 

Leia a letra completa aqui:
https://genius.com/Rafael-xvx-alem-do-paladar-lyrics

 

Mais que Palavras – Perdidos

Refletir sobre suas ações deve ser recorrente, pois vivemos dentro de uma sociedade que tem diversos dogmas violentos, preconceituosos e excludentes. Para não repeti-los em situações de fragilidade, temos que entrar a fundo em como reagir à situações de dificuldade, assim sendo, vale a pena escutar essa música e refletir sobre suas ações e relações.

 

Leia a letra completa aqui:
https://www.letras.mus.br/mais-que-palavras/perdidos/

 

TuNa – O Caldeirão da Sonia Hirsch

Cotidiano em sociedade pode desgastar muito nossa saúde mental e física, então temos que encontrar maneiras para evitar esses desgastes. Essa canção da banda TuNa, representa uma vida anti-cotidiana e foca em como nosso corpo deveria estar mais em contato com a natureza e menos com coisas criadas pelo capitalismo, pois as doenças programadas também encontram-se em nossos modos de vida.

 

Leia a letra completa aqui:
https://tunapunkrock.bandcamp.com/track/o-caldeirao-da-sonia-hirsch

 

 

Colligere – Transformada em Escudo e Espada a Palavra

O despertar da consciência e crítica é um ponto fundamental em toda guerra de classes, por isso transformar em escudo e espada a palavra é fundamental para combatermos quem dá as ordens em nossa sociedade.
Que a luta seja nosso lugar seguro, pois ela será o nosso despertar. Considero essa canção do Colligere bem ampla, pois ele não explica os passos da nossa revolta, porém ela sintetiza a revolta em seu poema.

 

Leia a letra completa aqui:
https://www.letras.mus.br/colligere/136055/

 

 

Point Of No Return – Resposta a Sangue e Fogo

A miséria sempre existirá enquanto houver uma elite, pois nesse plano a elite garante seu poder, reprimindo brutalmente as classes mais pobres em nome da ordem e do progresso. Resposta a Sangue e Fogo é um grito em nome da resistência e humanização, pois reivindicar as terras, os nomes e a história é algo fundamental para queimarmos esse cenário e preparar o solo para a revolução.

 

Leia a letra completa aqui: 
https://www.letras.mus.br/point-of-no-return/804055/

 

 

São cinco músicas que mudaram minha perspectiva em diversos aspectos, que achei importante compartilhar, em breve novas listas em outras visões.
Texto por: Murillo Fogaça

[CLÁSSICOS] | Fugazi – Washington (28/12/1987)

Desenrolando um pouco mais do hardcore oitentista, estamos na área do Bad Brains, Iron Cross, e especificamente nessa matéria, tratando de uma banda formada a partir a saída de dois […]

Leia Mais

[FAIXA A FAIXA] Eskrota – T3RROR

  O T3RROR é um álbum filho da pandemia, quando a banda estava parada e apenas compondo à distância. A ideia de fazer um álbum sobre filmes de terror não […]

Leia Mais

[RESENHAS CÁUSTICAS] PRESTO? – S/T (1999)

O hardcore em São Paulo nos anos 90 tem bastante importância e relevância até os dias de hoje. De nomes a Againe e Small Talk passando por No Violence, Paura […]

Leia Mais

[RESENHAS CÁUSTICAS] Bad Brains – Live at CBGB 1982

A 1ª onda do hardcore americano nos trouxe bandas que são influentes até hoje. Citemos nomes como Teen Idles, Black Flag, Circle Jerks e MDC. E uma das pioneiras da […]

Leia Mais

[RESENHA] Losing Touch – Nosedive

Após um hiato de 2 anos desde seu último EP, Losing Touch é o novo material da Nosedive, banda de hardcore de Bauru-SP. São 5 faixas gravadas entre agosto e […]

Leia Mais

[Resenha] Medida provisória

Por: Marco Sartori No teatro de absurdos do Brasil de 2022, rir de nossas próprias desgraças é o melhor remédio. Com isso em mente, Lázaro Ramos adapta uma peça de […]

Leia Mais