Inside A5 entrevista A SAGA

Trocamos uma ideia com nosso amigo, Clayton Clemente sobre A SAGA, tours, hardcore e muito mais, confira!

 

INSIDE A5: O que é A SAGA? Como e quando começou essa iniciativa?
Clayton Clemente: A Saga começou em 2003 com a ideia de organizar os shows na cidade de Guarulhos por ter uma cena fortíssima com várias bandas ligadas ao hardcore/punk.

 

INSIDE A5: Atualmente vocês têm atuado de qual maneira e em quais segmentos?
Clayton Clemente: Nós estamos trabalhando como selo e booking. Tentamos lançar as bandas que acreditamos e gostamos e como booking para realizar turnês.

 

INSIDE A5: Como foi a experiência com as tours que receberam? Conte mais sobre.
Clayton Clemente: A experiência é única na vida em realizar turnês, a troca de informações é importante nos dias atuais, em dias de relações virtuais. É um aprendizado eterno.

 

INSIDE A5: O que esse intercâmbio com bandas de fora trazem de experiência? Até que ponto o idioma e as fronteiras atrapalham nessas relações?
Clayton Clemente: As turnês com as bandas sul-americanas foram ótimas, temos muito o que aprender com os sul-americanos que vivem mais perto da gente e compartilham das mesmas batalhas diárias e sofrimentos. O idioma se encurta quando temos os mesmos ideias e as fronteiras são quebradas. Somos todos sul-americanos.

 

INSIDE A5: Com as bandas do Brasil, que tipo de trabalho vocês fazem?
Clayton Clemente: A ideia é tentar ajudar as bandas nacionais em divulgação, lançamento de matérias e organizando shows.

 

INSIDE A5: Como funciona para as bandas de fora do Brasil agilizarem uma tour em conjunto com A SAGA? Tem algum custo isso?
Clayton Clemente: As bandas entraram em contato direto conosco, não pedimos um custo, só os gastos com gasolina, pedágios, as bandas sempre ficaram livres para contribuir no final das turnês com o nosso trabalho. A satisfação em realizar uma turnê não tem preço.

 

 

INSIDE A5: Quais são os próximos passos da SAGA? Eventos, tours, planos, rascunhos que tem no gatilho que podem nos adiantar.
Clayton Clemente: Queremos realizar mais shows por aqui, eventos ligado ao veganismo e continuar com as turnês de bandas nacionais e sul-americanas. A meta é fazer uma turnê sul-americana acompanhando as banda do selo isso é algo que almejamos.

 

INSIDE A5: Aquela mensagem final:
Clayton Clemente: Vamos alimentar a esperança e pensar positivo mesmo nos dias de caos desse governo fascista de merda. Agradecer aos manos que sempre ajudam e acreditam nas loucuras que fazemos, os manos Gustavo, Felipe e Murilo, o pessoal de Tatuí, Campinas, Sorocaba, Piracicaba, Ibiúna, Itu, Rio de Janeiro, Santos, Mogi Mirim e Cambuí, pois sem eles as turnês não seriam possíveis.

 

 

Links importantes sobre A SAGA

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *